segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Cuidado com os cabelos das crianças.


Meu filho Miguel tem 2 anos e 8 meses e, apesar de meu marido ter cabelos lisos e finos, ele puxou a natureza dos meus fios e exibe por aí cabelos loiros e encaracolados.
Quando os cabelos de Miguel começaram a crescer, tivemos que lidar com o volume. Não tive dúvidas: usei a linha Natura Naturé: shampoo, condicionador e leave-in.
Mesmo assim, de manhã, o cabelinho do meu pequeno ficava uma verdadeira juba, com cachos não definidos e o cabelo em pé. Para resolver isso, só lavando e colocando o creminho ou umedecendo os fios.
Miguel começou na escola neste segundo semestre de 2009 e, agora, nossa rotina se inicia muito cedo, o que me impede de dar o banho matinal em meu filho. Apesar dos protestos familiares, a solução que encontrei foi cortar os lindos cachinhos e resolver de vez essa questão com praticidade.
Além de facilitar o cuidado com o cabelo das crianças, é importante buscar produtos adequados e desenvolvidos especialmente para as necessidades dos pequenos. Aprendi isso na marra. Uma vez, fui viajar e esqueci o shampoo dele e resolvi usar o meu. O resultado não foi nada legal: caiu espuma nos olhos dele, ardeu bastante e ele ficou, por algumas semanas, traumatizado com o banho.
Federico Kladt, gerente de Desenvolvimento de Produtos para Cabelos da Natura, explica que os produtos infantis passam por testes rigorosos, são oftalmologicamente testados e, além disso, utilizam matérias-primas mais suaves. Por isso, o ideal é que os pequenos comecem a usar shampoos de adulto somente após os oito anos de idade - mas, evitando produtos muito fortes, uma vez que os fios das crianças ainda estão totalmente selados.
Meu filhote nasceu com cabelos escuros, que depois caíram e clarearam. Perdi as contas de quantas pessoas me perguntaram se eu não clareava os cabelos do Miguel com água oxigenada. Sempre respondi que jamais faria um absurdo desses, afinal esse recurso pode trazer problemas para a saúde. Além de fragilizar e ressecar os fios, a água oxigenada e outras tinturas ou químicas podem causar problemas alérgicos a partir do contato dos produtos com o couro cabeludo ou na pele.
Para aquelas menininhas que querem um cabelo liso, vale um apoio dos pais para que consigam descobrir sua beleza de verdade, sem incentivar o uso de chapinhas e muito menos processos químicos mais agressivos. É claro que não dá para segurar a vida toda, afinal as filhas tendem a imitar as mães. Mas é importante que esses processos químicos sejam deixados mais para frente, se a menina assim o desejar.
Esta é uma forma de preservar a infância dos pequenos, que terão a vida toda para se preocupar com a aparência. Que eles possam curtir uma infância livre, cheia de brincadeiras, pés no chão e cabelos ao vento, com um visual bonito e prático, ideal para crianças.
E você, como cuida dos cabelos dos pequenos? É contra ou a favor de crianças serem submetidas a tratamentos químicos?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário